ATO SEXUAL

45263-suruba
O que isso lembra, queridos Sense8’s?

A prática sexual é um ato que deve ser livre e cada qual tem o direito de praticá-lo como achar conveniente a si e ao seu parceiro. Entretanto, há situações em que alguns jovens, talvez por medo de “pecar”, acreditam ser a relação sexual apenas o contato íntimo através da penetração ou do sexo oral.

Por este motivo, de maneira simples e breve, esclarecemos: mesmo que haja apenas a estimulação manual do órgão sexual – masturbação, entre os envolvidos, temos presente uma forma de ato sexual, geralmente conhecida como preliminares, mas, que não deixa de ser sexo. Portanto, dizer que só “pecam” os praticantes de sexo anal, oral etc. é um equívoco. Quanto a questão de ser ou não pecado, tratamos neste texto.

Desta forma, fica visível que relação sexual não se resume apenas em penetração ou na prática oral, mas também no contato íntimo entre duas ou mais pessoas, conforme o desejo dos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *