MENTIRA, GAYS NÃO SÃO CRISTÃOS!

tumblr_lcsaxytgw61qzjix8
O que está dizendo?

Nas idas e vindas do ser gay são inúmeros os dizeres e distorções quanto a nossa orientação sexual. Há situações em que os próprios homossexuais se menosprezam, acreditando fervorosamente sermos tenebrosos e imperdoáveis pecadores. E apesar do blog nos diversos textos ter desconstruído essas equivocadas ideias, sempre fica aquela “mini dúvida”. Às vezes, por parte dos intolerantes a homossexualidade, bem como por aqueles extremamente resistentes a sua própria natureza – não sou gay e abomino ser um!

Infelizmente tais indivíduos atrelados às suas  rígidas crenças e opiniões conceituam os gays de forma depreciativa, relacionando-os a falsos cristãos; satânicos; imorais; incapazes de agradar a Deus.

No entanto, e talvez por medo do “desconhecido” esquecem de observar que antes da sexualidade todo ser humano possui alma. Além disso, não se reconhece um cristão pelo gênero, mas por suas obras. Frequentar a igreja, seguir seus dogmas, ler a bíblia com pensamentos condenatórios jamais qualificará alguém como sendo um seguidor de Cristo.

Viver o que Jesus realmente ensinou é o que nos torna íntimos do Pai Celestial. A prática do amor, da caridade leva-nos a sabedoria divina, juntamente a compreensão dos desígnios de Deus para cada um de nós. Tal feito ocorre quando renunciamos nossos egos, deixamos de lado o senso do julgo, as concepções puramente humanas, as quais, levam os homens as grandes divisões.

O verdadeiro cristão padece por seus irmãos; choram com suas angústias, partilham de suas tristezas, e ainda que não compreenda suas provações ajuda-os na oração, com amor, com caridade. Ser cristão é suportar as injúrias, as calúnias sabendo que isso se dá pela falta de sabedoria. Andar com Cristo é abraçar, jamais desprezar; é acolher, é juntar, e não dispersar ou dividir. Se você diz ser de Cristo, porém escolhe a quem vai amar engana a si próprio. Conforme podemos ler em Salmos 133 e Mateus 28:19; ser cristão é dividir a bondade verdadeira de Jesus, é viver em união para que assim todos sejam abençoados.

Um cristão de verdade reconhece: a caridade é um caminho apertado e estreito! Ser luz num mundo de trevas, onde o ódio; a inveja; a intriga;  a contenda e afins tem dominado cada vez mais os corações, tornou-se um desafio. Manter seu caráter, sua boa índole diante de tantas injustiças e corrupções tem sido tarefa árdua ao homem virtuoso, contudo, prazerosa à sua consciência.

Desta forma, relatamos que entre nós homossexuais há sim os puros de coração, imitadores de Cristo nas suas ações, e sermos quem somos, como somos demonstra sinceridade perante Deus. Esconder-se atrás de conceitos doutrinários quando na verdade possui em seu interior revolta é hipocrisia. Há quem possa dizer: – O diabo se disfarça em anjo de luz, assim como seus ministros. Mas, quem assim se fizesse não prosperaria, suas obras ruíriam, visto que, o mal não busca a justiça, nem a paz. Vide Mat.7:15-20. Enquanto uns nos julgam, nos crucificam pelo que somos, e mesmo sendo praticante de boas obras nos desprezam, seguimos olhando para frente, pois, é onde está Jesus. “Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que, com simplicidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria carnal, mas na graça de Deus, temos vivido no mundo e maiormente convosco.” II Coríntios 1:1

Por fim, se você leitor continua acreditando que um gay não é ou pode ser um cristão, reveja atentamente os passos de Cristo. Antes de julgar seu irmão, seja por sua sexualidade, seja por qualquer outra situação, examina-te a ti mesmo e analise com cautela o real conceito de ser um cristão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *