“CURA GAY”

Foi!

Muitos jovens, mesmo com tantas certezas vividas ou partilhadas – descritas também no blog, ficam indagando se há cura para a homossexualidade ou pensam que ao menos deveria ter. Persiste em pedir ao Senhor libertação. Até porque ser gay é sinônimo de aberração, abominação e maldade.

Neste contexto, basta observar que tudo o quanto Deus faz é perfeito, tendo igualmente um propósito. Vejam a natureza, desde os céus as estrelas; a lua, o sol; os animais, eles convivem harmoniosamente, cada qual com a sua designação.

Repare em si mesmo, na tua vida. Certamente é dotado de saúde, inteligência, boas condições materiais ou se não muita, possui capacidade para melhorá-la com trabalho digno. E no que a “doença do ser gay” o torna imperfeito ou prejudica a tua vida? O convívio em sociedade, ser aceito por familiares, pela igreja talvez? Pode ser. No entanto, a barreira maior é a da autoaceitação.

Há momentos que reclamamos tanto e esquecemos do amor incondicional de Deus por nossas almas. Não meditamos o quanto a nossa incredulidade O entristece. Ele padece por nos amar tanto, Se decepciona e ainda assim não nos abandona! E nem sequer agradecemos! Alguns ainda se deixam levar pela ignorância humana, acreditando cegamente que o Pai Celestial os odeiam e abominam.

Diante disso, reflita por uns instantes: – Não seria mais proveitoso, principalmente ao teu coração, se ao invés de perder tempo com martírios, contestando ou buscando a tal “cura gay”, orasse pelos que estão verdadeiramente enfermos, desenganados pela medicina; nas prisões espirituais e talvez com necessidades bem extremas?! E lembre-se: dificuldades, angústias, tristeza, lutas, sempre teremos, porque elas fazem parte da nossa caminhada. Vide Mat.10:22. Deus nos deu o dom da vida, abrace esta dádiva e seja feliz, pois, perdemos oportunidades únicas quando deixamos de mostrar o quão belos somos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *