DIVERSIDADE SEXUAL

Que tal compreendermos um pouco mais sobre diversidade sexual? Resumidamente seguem algumas definições acerca do tema, cuja representação é dada pela sigla LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais,Travestis e Intersexuais). Aproveitamos para estender aos pais este conteúdo, a fim de possibilitar uma compreensão de acordo a condição apresentada pelo seu filho ou filha. E independente de qual for, os laços afetivos apenas serão desfeitos, se você pai e mãe por medo ou desprezo ignorarem o amor de seu filho.

Primeiro é importante saber que sexo biológico refere-se a características físicas e orgânicas que define o ser humano entre homem – macho e mulher – fêmea. Existem também pessoas nascidas com estas duas características ou seja com os dois sexo, tanto na aparência interior quanto exterior, eles são chamados de intersexuais, antes conhecido como hermafrodita.

Lembramos aqui que a orientação sexual está ligada ao desejo, a atração de uma pessoa por outra, enquanto a identidade de gênero refere-se a maneira como o indivíduo se vê, se reconhece.

Assim, homens e mulheres podem ser:

Heterossexual: Indivíduo que sente atração afetiva e sexual por pessoa do sexo oposto: homem + mulher; identifica-se com o gênero de seu sexo biológico;

Homossexual: Indivíduo que sente atração afetiva e sexual por pessoa do mesmo sexo: (Lésbicas e Gays): Lésbica: mulher + mulher. Gay: homem + homem; estes também se identificam com o gênero de seu sexo biológico;

Bissexual: Indivíduo que sente atração afetiva e sexual tanto por homem quanto por mulher; identifica-se com o gênero de seu sexo biológico;

Assexuado: Indivíduo que não sente atração sexual e afetiva por qualquer um dos gêneros; (nem por homem, nem por mulher), e identifica-se também com o gênero de seu sexo biológico. Contudo, estes não são considerados celibatários, pois o que lhes faltam é o desejo por se relacionar sexualmente;

¹Transexual: Pessoa que possui uma identidade de gênero diferente do sexo biológico. Homens e mulheres transexuais podem manifestar a necessidade de realizar modificações corporais por meio de terapias hormonais e intervenções médico-cirúrgicas, com o intuito de adequar seus atributos físicos (inclusive genitais – cirurgia de redesignação sexual) à sua identidade de gênero. Entretanto, nem todas as pessoas transexuais manifestam esse tipo de necessidade. Mulher transexual (mulher trans ou transmulher) é aquela que nasceu com sexo biológico masculino, mas possui uma identidade de gênero feminina e se reconhece como mulher. Homem transexual (homem trans ou transhomem) é aquele que nasceu com sexo biológico feminino, mas possui uma identidade de gênero masculina e se reconhece como homem. Os transexuais podem ser tanto heterossexual, homossexual ou bissexual, e isso será definido conforme a atração que o indivíduo terá por outra pessoa.

¹Travesti: Pessoa que nasce com sexo masculino e tem identidade de gênero feminina, assumindo papéis de gênero diferentes daqueles impostos pela sociedade; o indivíduo se identifica com mulher, sem o interesse na realização da cirurgia de redesignação sexual.

 

Conhecer sobre a diversidade sexual é necessário. Veja mais em:
https://goo.gl/acwtEf
¹Transcrição da cartilha da diversidade, obtida no endereço eletrônico:
https://goo.gl/acwtEf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *