SOU MAIS PROVADO E PECADOR QUE OS HÉTEROS?

Hey, sister! Essa é pra você!
 Há duas citações bíblicas muito interessantes que leva-nos a refletir com clareza sobre tais questionamentos. Vejamos: “Tudo sucede igualmente a todos: o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador…” Eclesiastes 9:2. E; “Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia.” Romanos 11:32.

Poderíamos finalizar este texto apenas com ambos os trechos. Contudo, temos a ciência de que devido os conflitos internos e psíquicos referente ao ser gay – isso antes de aceita tal condição, os sentimentos como: tristeza; autocondenação; angústia, trarão a falsa impressão de que as provações são maiores e o pecado um fator constante ligado ao caráter.

Ainda assim, não devemos associar as provações nas quais temos com nossa condição natural. Muito menos denominar-se mais pecador. Deve-se atentar que dificuldades fazem parte da vida de todo ser humano. E as provações, sejam elas materiais, sejam espirituais, nos servem de aperfeiçoamento, permitindo-nos de valor em valor alcançarmos a perfeição. Há quem diga ser difícil conviver com a calúnia e a falta de entendimento das pessoas no que diz respeito a ser homossexual. Mas, e quanto a Cristo, que também teve problemas com julgamentos alheios?! Neste sentido, podemos citar Mateus 11:18-19, deixando claro que gay ou não, seremos sempre julgados por algo.

No tocante ao pecado, se for considerado nossa descendência em Adão e Eva, somos todos pecadores. E diante de tal condição, fica claro que resta-nos o aperfeiçoar do ser em Cristo através de nossa fé: Nele e em Deus. Qual ser humano, independente da sexualidade, seja por pensamento, seja por obra, nunca cobiçou ou desejou bens alheios, sentiu e deixou-se levar pela preguiça; odiou; sentiu raiva; inveja; mentiu; irou-se com o próximo… Ora, não é tudo debaixo do sol vaidade?

Portanto, esteja atento que a condição homossexual não é fato denominador de provações ou do seu caráter, exceto se você convive com a autocondenação, a qual traz sensação de pesar, incluindo a ideia equivocada de ser um imundo pecador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *