PREGAÇÕES CONTRA A HOMOSSEXUALIDADE

“Se porventura alguma palavra que sair deste púlpito ofender qualquer alma, sem exceção, saiba; não foi esta advinda do Espírito Santo de Deus, pois, Este não ofende, não machuca, não oprime a ninguém. Mas, alegra, vivifica e mesmo que corrigindo torna-se suave ao entendimento, ensinando assim a todos.” (Trecho de uma exortação durante o culto).

Podemos verificar a autenticidade de tal pregação nas palavras de Jesus Cristo; “Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” Mateus 11:30.

É certo que não devemos desprezar a correção do nosso Deus, pois Ele nos quer bem. “Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?” Hebreus 12:6-7. Porém, quando a correção vier não nos machucará ou combaterá. Pelo contrário, ela nos ensinará com amor, alegria e sabedoria. Colocando-nos para examinar nosso próprio íntimo.

Assim, não confundir a carente sabedoria do pregador com a repreensão de Deus pelo Seu Espírito nas igrejas, porque bem sabemos ser Deus por nós e não contra nós, conforme viu-se pelas diversas citações feita neste blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *