O CONCEITO DE FAMÍLIA

pobreza-jesus

Jesus Cristo quando indagado sobre onde estaria sua família, respondeu: “Vejam! Aqui estão a minha mãe e os meus irmãos. Pois quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu, é meu irmão, minha irmã e minha mãe.” Mateus 12:49-50. E tendo dito Ele estas palavras esclareceu-nos que o conceito de família não consiste apenas em um núcleo formado exclusivamente por pai e mãe, irmãos… mas sim nos corações dispostos a amar, permitindo-nos através de tão valioso sentimento vivermos em harmonia uns com os outros.

Apesar dos pequenos avanços sociais, culturais e políticos, que permitiram ampliar o conceito de família: como sendo a união de pessoas ligadas pelo afeto, aos homossexuais esta questão tem sido um grande desafio, visto o repúdio por parte das pessoas. A entidade nuclear tradicional (formada por um homem e uma mulher e seus filhos) ainda possui certa influência na visão da sociedade, principalmente pelas questões religiosas.

É comum ouvir o discurso: Deus criou o homem e a mulher; Ele ordenou para crescerem e se multiplicarem; casamento se dá apenas entre macho e fêmea. Com isso, justificam a heterossexualidade, igualmente sua união como sendo a politicamente correta, enquanto a homossexualidade é uma distorção, o fim da raça humana. Todavia, o fato da espécie ser perpetuada através de sexos diferentes não justifica fazer da homossexualidade uma anomalia ou ameaça a espécie humana, tampouco a alteração da natureza divina, conforme vimos em outros textos aqui no blog. Além disso, a mulher fora criada, a princípio, apenas para fazer companhia ao homem, pois viu Deus que não era bom este viver sozinho¹.  

o-GAY-FAMILY-facebook

Ainda neste contexto, vejamos: Em quantos bilhões de seres humanos somos? Aproximadamente 7 bilhões e outros mil, correto? Todos homossexuais?! Portanto, fica mais do que visível a irracionalidade nos discursos religiosos sobre o fim da reprodução humana por conta das uniões homoafetivas. Aqui, aproveitamos para fazer a seguinte observação: casais do mesmo sexo podem não se multiplicar biologicamente, contudo, por serem também humanos, são capazes de amar, abraçar e dar um lar aos frutos² abandonados, vindos de uma relação macho e fêmea.

Infelizmente, alguns homossexuais, por não aceitar sua condição ou pelas decepções amorosas, passam a cultivar tais conceitos religiosos, dizendo e pensando: – Deus jamais permitiria dois homens e duas mulheres ser feliz num casamento; somente a união heteroafetiva é capaz de formar uma família estruturada, de valores e etc. No entanto, se essa teoria é real, por que vemos tantos lares formados por casais héteros em crise? Pais se divorciando, filhos revoltados… situações diversas nas quais acompanhamos de perto e talvez até as vivenciamos. Diante disso, reparem que pelo simples fato de sermos humanos, enfrentaremos igualmente dissabores e desafetos nas relações.

 Portanto, basta observar que o conceito de família está muito além dos laços consanguíneos ou tradições religiosas. A formação do núcleo familiar independe da sexualidade, sendo necessário apenas o amor, harmonia, respeito, e a vontade das partes, permitindo assim a construção de um desejado lar doce lar.

¹ Leia em Gênesis 2:18 (Como Deus criou a mulher)
² um adjetivo para se referir a filhos.

Aproveitem para visualizar neste site notícias sobre adoção e casamento homoafetivo.

2 thoughts on “O CONCEITO DE FAMÍLIA

  1. o meu sonho é um dia me casar com um servo de Deus sei que para muitos é difícil mais creio que alguém me espera e tbm eu o espero creio que Deus um dia me apresentará para ele e teremos uma linda família <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *