SANTA CEIA

images“Examine-se pois o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice porque o que come e bebe indignamente come e bebe para sua própria condenação não discernindo o corpo do Senhor. Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes e muitos que dorme porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados.” I Coríntios 11:28-31

O serviço de Santa Ceia na CCB acontece uma vez por ano, sendo o seu objetivo rememorar o sacrifício feito por Jesus Cristo a todos nós. De acordo a sua doutrina, é de extrema importância a participação dos membros que nela foram batizados, sob o risco de perderem a liberdade¹ dentro da igreja em caso de reiteradas ausências neste sacro culto.

Apesar de considerado um dia especial, poucos compreendem o sentido espiritual da Santa Ceia. No contexto simbólico – conhecido pelos membros, se dá da seguinte forma: o pão representando o corpo de Cristo e o vinho o cálice, fazendo menção ao Seu precioso sangue derramada por nós na cruz. Já no que se refere a espiritualidade, poucos refletem que o amor e sacrifício de Jesus foi por todos, sem distinção. Devendo ser a comunhão necessária; o amor; a gratidão e reverência de nossa alma por Deus e Seu Filho e não estar no ápice da santidade.

Passion-of-the-Christ-Jesus-washing-feetMuitos acreditam que basta ter ido todos os dias a igreja, seguido seus padrões doutrinários, além de ser simpático com os demais nos dias que se aproximam o serviço deste sacro culto. E quanto a humildade; o exercício da misericórdia; da caridade; a verdadeira pureza na sinceridade do coração? Afinal, são estas virtudes que irão nos santificar; restaurar; libertar-nos da angústia e da dor, permitindo-nos assim ser perdoados por Deus. Pois, quem de nós não tem falhas, fraquezas e tantas outras imperfeições?

É certo que na CCB quando um membro perde a liberdade, automaticamente lhe tiram o “direito” de participar da Santa Ceia. Contudo, alguns por suas próprias concepções não se sentem dignos de participar deste culto. Seja pelo desânimo ou pelo fato de ter ficado algum tempo sem ir a igreja e afins. Tratando-se de nós homossexuais, boa parte após se descobrir gay ou começar a se relacionar, sente-se um grande pecador, desistindo então de relembrar o amor de Jesus Cristo por nossas almas. Estamos cientes do quanto somos condenados. Mas, estar fora da igreja não significa ter saído das mãos do Criador, muito menos ter se afastado Dele. Se em teus dias foste fiel na sua gratidão a Deus e também ao Senhor Jesus, jamais tornou-se menos na presença de ambos.

Lembre-se que os discípulos ocultos, assim conhecidos porque tinham medo dos judeus, não se esqueceram de Cristo, nem se importaram com possíveis críticas, e após sua morte retribuíram a Ele gratidão; amor e misericórdia, rogando o Seu corpo a Pilatos para que assim fosse sepultado com dignidade. Dessa forma, reflita nestas virtudes manifestadas por estes discípulos, considerados “afastados” do Mestre, contudo, praticantes de Suas boas obras.

Portanto, se você tem congregado ou pretende voltar para igreja, atenha-se que para participar do sacro serviço de Santa Ceia o essencial é reconciliar-te primeiramente com Deus – Senhor eu não te esqueci, apenas tive medo…Caso preferir, mude para uma comum onde se sentirá bem. Ninguém deve frequentar a igreja pelos homens ou para mostrar coisa alguma a eles, e sim para louvarmos a Deus. Não nos cabe julgar, porém, já se colocaram a pensar quantos dizem estar na comunhão da igreja, tem liberdade, mas, seu interior possui toda sorte de maldade, dissemina contenda, e mesmo assim participam deste sacro serviço?!

ConsecrationE quanto a você? Qual malignidade há dentro do teu coração impedindo-o de achegar-se a Deus? Será que vossa alma não possui uma gota de amor e gratidão ao sacrifício feito por nosso amado Mestre Jesus? Então, pense, reveja seus conceitos, e não deixe de participar deste culto por medo dos homens ou de seus julgamentos. Lembre-se: a Santa Ceia é voltada para honrar a memória de Cristo que tanto nos ama!

A você que não tem mais o desejo de congregar, igualmente o de acostar a mesa da Santa Ceia, examina-te a ti mesmo e exercite a espiritualidade conforme sua fé. E se algum dia almejar participar novamente deste culto, esqueça os preconceitos; as condenações, talvez os medos, e vá até uma comum alegrar sua alma. Se possível, chame um amigo para o acompanhar!

Aos que passaram a frequentar outras instituições religiosas, busquem aos presbíteros do local em que participam como membros, verificando a possibilidade de também relembrar o amor de Cristo através da Santa Ceia.

Diante disso, lembremos que este sacro culto é a princípio especial, onde trazemos à memória o sacrifício que Jesus Cristo fizera por nós na cruz. E como sendo um dia “diferente” dos demais, requer de nós uma comunhão individual e de sincero coração, apenas.

The.Passion.of.the.Christ.2004.1080p.BluRay.x264.anoXmous_

¹ liberdade: termo utilizado na igreja para se referir ao direito de testemunhar, orar e chamar hinos e também de participar das rodadas anuais de Santa Ceia, conforme doutrina da CCB. Aos que ficaram sem acostar a mesa de Santa Ceia por muito tempo, não é necessário apresentar-se perante a igreja e pedir perdão. Na dúvida, basta simplesmente consultar um dos servos do Ministério no dia da Santa Ceia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: